jump to navigation

Ano novo, escolhas novas. Janeiro 6, 2014

Posted by efeitopsicose in 1º semestre, Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags: , , , , ,
add a comment

Oi! 😀 Pulando a parte em que eu desejo boas festas (atrasada!) e etc, eu só espero que tenham tido melhores festas que as minhas. HEHEEHEH (já que pra variar, meu namorado viajou pra Disney e não teve como eu ir) (passei o Natal aturando uma prima chata e inconveniente, mesmo eu tendo falado que ia “sair”) (eu fiquei sozinha) (e no Reveillón levei cantadas de alguns velhos tarados que não tem “condições” nem com Viagra) (minha avó ficou internada) (2013 foi o ano do meu carma) (ah, enfim).

Bom, pra começar: FELIZ 2014 heeheheheh senti a necessidade de fazer o primeiro post daqui ainda no mês de Janeiro, pra manter o costume (como se eu estivesse sempre por aqui haha). Então, farei um breve resumo do que passei em 2013 e do que desejo do fundo do meu coração em 2014.
Já disse em um dos posts anteriores  que fiquei doente e desisti do curso por questões pessoais e tal, e que queria um tempo pra pensar no que decidiria pro meu futuro. A verdade é que depois que se passaram dois meses e meio, eu ainda continuo um pouco perdida. Como eu gosto de escrever, já pensei em fazer Letras, mas não tenho paciência com gente sem educação e sou um pouco estourada (muito embora muita gente diga que sou uma ótima “professora” e sei explicar bem) e acho que não tem muito sentido fazer Letras SÓ pra ser escritora. Então, deixa a minha escrita como hobby mesmo.

Depois, como gosto de estar por dentro da Política, também pensei em Direito. E essa continua sendo a melhor opção, já que ainda não achei “contras” sobre a minha própria perspectiva. Prestar concurso pra Polícia também já me passou pela cabeça, mas aí me lembrei que meu tamanho não é muito favorável e fui obrigada a descartar.

E por último, dentro da área da saúde, que é a minha verdadeira paixão <3333 tem Psicologia. Eu sei (e provavelmente quem ler isso vai falar também) que a quantidade de psicólogos que se formam a cada ano, é devastadora e que a cada esquina, encontramos um psicólogo, mas como é uma área pela qual eu partiria caso realmente fizesse Medicina, por que não tentar!? Já andei fazendo umas contas de quanto eu ganharia em média por x horas trabalhadas + o local, e me dei conta de que (como qualquer outra profissão), se você for bom, o mundo vai conspirar ao seu favor! E eu ainda estou pensando seriamente nisso. A questão é que eu não me imaginava fazendo outra coisa além de exercer a Medicina, por isso agora está tão difícil decidir qual caminho seguir.

Quando desisti, minha família só faltou me bater. Eu dediquei parte do meu ensino fundamental e meu ensino médio todo pra “nada” (não que estudo não seja bom, mas eu tinha um único objetivo) e confesso que eu também fiquei puta da vida comigo mesma. “Desistir logo no começo!? Tão nova, tão cheia de sonhos, com uma vida inteira pela frente, saudável…” “Mas se eu não aguentei na Enfermagem, acha que vou aguentar na Medicina!?” “Não aguentou o escambau, para de falar isso“… e tantas outras conversas comigo mesma. Era como se eu tivesse um alter-ego: parte minha falava, e a outra parte respondia. E esse era o meu cérebro fazendo uma análise dos prós e contras da Medicina e de qualquer outra profissão que eu possa escolher.

Até que eu um dia eu ouvi que todas as minhas primeiras vezes serão difíceis e o meu maior erro vai ser se eu desistir de todas elas na primeira tentativa. E agora que eu me recuperei totalmente e depois desse tempo, entrei pela primeira vez no hospital onde tudo começou, me bateu uma saudade absurda de tudo o que vivi e de tudo o que aprendi lá. Aprendi a ser mais humana, aprendi a ter compaixão… aprendi a dar valor na vida e parei de reclamar do meu corpo, da minha vida, quando vi o que é sofrimento de verdade. Eu não me arrependo de ter trancado a minha matrícula no curso e não penso de jeito nenhum em voltar, mas me deu saudade. Um aperto no peito tão sufocante, que quando saí de lá, me deu vontade de ligar pra todas as meninas que eram do meu grupo e mandar um super beijo pra minha (adoravelmente adorável) professora que me supervisionava no estágio naquela fatídica tarde de terça feira, 15 de outubro. Como disse no começo, 2013 foi o ano do meu carma, perdi muita coisa boa e me livrei das ruins, mas foi o ano que mais aprendi nesses 18 anos de existência. E pra 2014, desejo que venham mais aprendizados. Voltei a escrever minhas fics (que saudade <3), farei um ano de namoro (!!!!!) em abril, começarei um cursinho pré-vestibular, TERMINEI O ENSINO MÉDIO!!!!!!!!!! e terei até o fim do ano pra decidir minha vida. Enfim, acho que 2014 será melhor, porque é um ano par. Rs.

Anúncios

Hello, November! Novembro 8, 2013

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags:
add a comment
Mais um mês se vai, levando consigo todas as mágoas e dores e deixando suas cicatrizes.
Outubro foi o mês mais longo do ano: conheci o fundo do poço, sofri, perdi, abri mão de uma das coisas mais importantes da minha vida… mas em meio ao caos, aprendi.
Penso que nada acontece por acaso: a vida te derruba pra você se levantar mais forte, pensar melhor sobre suas escolhas, ter certeza sobre o seu futuro e, principalmente, pra te ensinar que não existe felicidade e realização sem o mínimo de esforço.
Agora, me recuperando do tombo, consigo pensar mais sobre o que farei do meu futuro (que não está mais tão distante quanto eu pensava, a vida tratou de me tacar isso na cara) e como replanejar tudo o que tinha feito antes. Não é fácil quando tudo o que se vê é um grande borrão à sua frente, mas acredito que apesar de, praticamente o mês inteiro ter sido ruim, o fato de eu não ter feito planos para Outubro fez com que eu me surpreendesse com as (poucas) coisas boas que aconteceram (a principal delas foi ter feito as pazes com meu papis).
Enfim, estou me reerguendo e tentando achar a luz no fim do túnel.
E que Novembro me traga toda a felicidade (e certezas!) que Outubro me tirou!

Desabafo. Abril 2, 2013

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags: ,
2 comments

Hoje senti medo… conversava com uma amiga do curso enquanto esperava minha mãe e falávamos de amores passados. Expliquei minha situação e ela me disse que é questão de tempo até eu começar sentir falta do meu ex.
Eu jamais teria parado pra pensar nisso se ela não tivesse me alertado.

Quando cheguei em casa, tinha uma mensagem dele: “é, deve ter sido difícil largar eu pra ir atrás de outro“.
Foi nesse momento, que tudo o que minha colega disse, passou a ter sentido. É mais que óbvio que ele não me superou e o pensamento que me ocorreu por conta disso, foi o que mais me preocupou: na verdade, eu também não sei se superei ele.

É claro que foi bom, mas não o suficiente pra ficarmos juntos. E foi com esse propósito que me senti na obrigação de terminar. Mas não… não tenho mais certeza de que isso era o certo -embora não reste dúvidas de que não vamos voltar.
Tô confusa. Não sei mais o que pensar, não sei mais o que quero da vida. Apenas tenho medo. Medo de pensar demais no que poderia ter sido, se poderia ter dado certo -mesmo ele sendo um chato na maioria das vezes (!)- e medo também de sentir falta. Acho -só acho- que ele foi o único que me fez sentir verdadeiramente amada, como nunca fui por alguém.

-rçrçrç, ai como sou ridícula!

Uma semana para o resultado da prova: Ansiedade a mil! Janeiro 30, 2013

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags: , ,
add a comment

11/01/2013 ~atualizando o blog~

Pânico seria a definição perfeita pro meu estado agora. Não sei como consegui sobreviver durante dezembro/janeiro inteiro sem surtar.
Minha dor de garganta só aumentou – e aumenta a cada dia com o resultado chegando. Espero não ter um ataque cardíaco quando eu ver – se eu ver- meu nome na lista de classificados!
Eu mal consigo dormir de tanta ansiedade, meus dedos -sim, não sobrou uma unha pra contar história- estão em carne viva de tanto que roí… não sei mais o que é auto controle!!!!!!!!
Ainda espero pelo dia que vou rir de toda essa tensão; minhas expectativas são enormes e infinitas, e eu realmente quero que tudo dê certo pra mim esse ano, QUE TUDO SAIA EXATAMENTE COMO EU QUERO. E se tiver que ser… será!

P.S.: nem conseguir escrever/pensar direito eu tô. Misericórdia, Deus socorro!!!

Um papo sobre jaleco. Janeiro 29, 2013

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags: , , ,
add a comment

11/01/2013 ~atualizando o blog~

Fui ao mercado com mamãe comprar algumas baboseiras e eis que de longe avisto uma moça com um jaleco escrito o nome de um hospital num emblema bem grande.
Não pude deixar de fazer uma breve análise dessa situação: eu sei que a maioria do pessoal que entra na faculdade, adora passear e tirar fotos de jaleco exibindo o emblema da faculdade e nome do curso – isso acontece geralmente no primeiro semestre-.  Mas sair do hospital sem tirá-lo e ir direto para o mercado, é no mínimo, nojento. O pior de tudo é pensar que todas essas pessoas conhecem a regra de não sair com esse utensílio para outros lugares (porra, será que é difícil tirar a merda do jaleco assim que pôr os pés pra fora do teu local de trabalho!?).
Agora imagine andar de jaleco pelo supermercado desrespeitando essa norma e sem o mínimo de preocupação… CARALHO, VOCÊ ACABOU DE SAIR DE UM HOSPITAL, TEU JALECO TÁ CHEIO DE GERMES/BACTÉRIAS AÍ VOCÊ VAI FAZER COMPRAS E RELA NOS ALIMENTOS QUE OUTROS FORNECEDORES IRÃO COMPRAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!
É uma situação meio embaraçosa, tanto para os que se preocupam, quanto pra ela que, pelo o que parecia, não estava ligando muito. Eu sei que é “bom” poder esfregar na cara de alguém que desacreditou de você, o quanto você merece estar ali cursando/trabalhando numa coisa que você ama -e que veste o jaleco!!!!!
Também vale lembrar que a regrinha é para qualquer curso/trabalho – e não apenas os da área da saúde; mas principalmente pro pessoal dessa área, aqui vai uma dica: JALECO NÃO É PARTE DE FIGURINO DA MODA!!!
Você, estudante lindo que adora desfilar com ele… retire-o quando sair do hospital: os riscos de contaminação serão menores. Mostre que tem respeito pela vida dos seus futuros pacientes, dê o teu exemplo como médico e zele pela saúde alheia!

P.S.: Não estou julgando a moça e nem pagando de moralista, apenas mostrando minha indignação diante deste ocorrido. Confesso que se eu conseguir passar no curso de Enfermagem, eu também vou querer me exibir de jaleco, mas farei isso somente em fotos!!!! Eu tenho consciência e respeito pelo próximo.

Males que vêm para o bem: a importância de se desistir de “certas coisas”. Janeiro 29, 2013

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags: , , ,
add a comment

04/01/2013. ~atualizando o blog~

Já devo ter comentado que adoro me arriscar. E da minha notável baixa autoestima. E do curso. E da ansiedade. Enfim… eu desisti de outro curso que peguei em segundo lugar como bolsista – espero que as coisas continuem assim até o final do ano- em uma escola técnica privada.
Como já disse antes, estou ansiosa pro resultado da ETEC – que é onde eu realmente quero-  e resolvi me inscrever nesse outro curso, caso eu não passe nela. Mas não quis mais, desisti. Aqui estou eu arriscando mais uma vez. Se eu não passar na ETEC, serão dois cursos perdidos e eu me culparei eternamente por isso. Meu namorado me disse que não devo pensar como uma “perda” e sim como um aprendizado, pois terei mais tempo para estudar.
Até concordo com ele, mas ainda me acharia estúpida por desistir de um sem saber se o outro vai dar certo.
PORTANTO, eu realmente espero que desta vez, a Dona Sorte não me abandone, pois meu sonho de ser médica continua aqui com ou sem cursinho E EU MEREÇO PASSAR NO VESTIBULAR!!!

porque sim.

Dores musculares: Como lidar!? Janeiro 29, 2013

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags: , , ,
add a comment

02/01/2013. ~atualizando o blog~

A virada do ano foi tranquila. Passei com a família na casa de um tio, comendo e dando muitas risadas.
Foi muito bom até eu acordar agora de manhã… faz dias – ou semanas – que estou com uma dor gritante na garganta. Às vezes penso que são as amígdalas inchadas, depois acho que é o músculo esterno*… e por fim, acabo me convencendo de que é retensão de líquido por acúmulo de stress ( vai ser assim então, quando entrar na faculdade!?).
Sim, eu vivo numa TPM constante, xingo o tempo todo e o pior de tudo é a ansiedade!
Há exatamente um mês (02/12/12), prestei uma prova pra entrar no curso de Técnico em Enfermagem – que eu pensei ser bom pros meus estudos – numa ETEC aqui da cidade, e desde então, fico mais ansiosa que o “normal”. Digamos que eu não tenho uma autoestima muito boa e não me acho capaz de muita coisa – como passar em Medicina, por exemplo-, mas ainda tenho uma esperança de que algum milagre vai acontecer. Estou dando um grande passo na minha vida e sinceramente, estou com medo.
Medo de errar, medo de não saber o que fazer nas horas difíceis, medo de negligenciar, medo de lidar com perdas, medo até das vitórias (!), medo de crescer, medo do vestibular… é uma infinidade de medos e este ano ainda completo 18 anos!
Claro que eu sei que esse dia chegará, eu nunca serei criança a vida inteira (ok, só pra minha mãe). É por isso que resolvi encarar meus medos e dar minha cara à tapa, pois quero estar mais do que preparada para as responsabilidades de ser adulta e para as lições que a vida nos proporciona.

Janeiro 1, 2013

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
add a comment

Leonardo Boff

 

Há mais de quinze anos atrás publiquei no Jornal do Brasil um artigo sob o título “Rejuvenescer como águias”. Relendo aquelas reflexões me dei conta como de elas são ainda atuais nos tempos maus sob os quais vivemos e sofremos. Retomo-as para alimentar nossa esperança enfraquecida e ameaçada pelas ameaças que pesam sobre a Terra e a Humanidade. Se não nos agarrarmos a alguma esperança, perdemos o  horizonte de futuro e corremos o risco de nos entregarmos ao desamparo imobilizador ou à resignação estéril.

Neste contexto lembrei-me de um mito da antiga cultura mediterrânea sobre o rejuvenescimento das águias.

De tempos em tempos, reza o mito, a águia, como a fênix egípcia, se renova totalmente. Ela voa cada vez mais alto até chegar perto do sol. Então as penas se incendeiam e ela toda começa a arder. Quando chega a este ponto, ela se precipita do céu e…

View original post mais 600 palavras

Garotas de 15/16 anos VS gravidez. Dezembro 31, 2012

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags: , , , ,
add a comment

Um assunto que já até passou batido… uma vez comentei com minha irmã que tá na moda engravidar aos quinze. Sem enrolação: esses dias eu tava rolando meu feed de notícias do Facebook e acabei achando uma menina que estudou comigo há alguns anos. Cliquei para adicioná-la e resolvi ir nas fotos pra ver se está muito diferente de quando a conheci… me arrependi no primeiro momento!
Está feia, gorda, acabada, casada e com uma criança… CASADA E COM UMA CRIANÇA!? É, eu tinha visto “Casada com Fulano” no status, mas achei que não passava disso até ver o anel no dedo e a criança no colo!
Ela não é a primeira garota que conheço que engravidou precocemente, mas foi a que mais me espantou; sempre foi a mais certinha e tem uma mãe que é o cão (!). Sinceramente, quando vejo meninas de 17/18 anos com filho, não consigo imaginar uma realidade muito diferente pra elas. Eu não sei o que faria com uma criança, não me imagino cuidando e amamentando agora… a única coisa que pré-vestibulandos de Medicina sabem fazer é se matar de estudar e um filho num momento tenso desse, estragaria todos os planos. Aliás, nenhum vestibulando tem tempo pra pensar em sequer namorar (risos). Enfim, não sei o que essas meninas têm na cabeça… Acho que realmente venci na vida só por continuar com a ideia de querer estudar primeiro pra depois arrumar filhos -incluindo casar virgem- (!!!!!!!!!!!!!).

METAS PARA 2013: Dezembro 31, 2012

Posted by efeitopsicose in Dose de inspiração, choque de realidade..
Tags: , ,
add a comment

>> Estudar mais;
>> Não faltar à escola;
>> Desapegar (literalmente)
>> Me livrar de tralhas (incluindo pessoas!);
>> Me amar acima de qualquer circunstância;
>> Estudar mais;
>> Não deixar que me atinjam;
>> Ter menos preguiça;
>> Não desistir dos meus objetivos, não importa quão grande o obstáculo;
>> Não faltar à escola;
>> Não entrar em joguinhos manipuladores de otários;
>> Ter um mural *-*;
>> Me abster da internet;
>> Estudar mais;
>> Comprar uma Polaroide *-*;
>> Viajar a Miami/Disney;
>> PASSAR EM MEDICINA!!!!!!!!!!!!!!